Vacinação no Brasil depende 80% da Coronavac

O Plano de Imunização do Brasil depende 80% da Coronavac, a vacina chinesa criada pelo laboratório Sinovac, e produzida no Brasil pelo Instuto Butantan, de São Paulo. Segundo o economista e divulgador científico Thomas Conti, das 18,4 milhões de doses aplicadas até 29 de março em todo o país, 14,7 milhões vieram do Butantan. 

Utilizando uma base de dados colaborativa sobre a pandemia chamada Brasil.IO, Conti criou alguns gráficos que mostram o quanto a campanha de vacinação criada pelo governo federal está dependendo da Coronavac. Segundo as pesquisas, foram apenas 3,7 milhões de doses da Covishield (AstraZeneca-Oxford-Fiocruz)  e ficaram concentradas em dois intervalos breves fim de janeiro e fevereiro.

"Estaríamos praticamente sem vacina no Brasil se o governo federal tivesse conseguido boicotar essa vacina. Não foi por falta de tentar." diz Conti. Os dados estão disponíveis nas redes sociais do pesquisador. Ele promete atualizá-los a casa 15 dias.

 

> Bolsonaro faz nova investida contra “fecha tudo” na pandemia

Continuar lendo