Congresso em Foco

Dilma anunciou no Congresso a sua reforma da Previdência

Reforma da Previdência de Dilma tinha pontos em comum com a de Temer

20.03.2017 11:45 7
Atualizado em 24.03.2017 08:29

Reportagem Em

7 respostas para “Reforma da Previdência de Dilma tinha pontos em comum com a de Temer”

  1. Rodrigo Freijanes disse:

    E ainda tem gente tosca que fica no “blá blá blá golpe” sendo que eles mesmos colocaram a chapa Dilma/Temer no poder.
    O problema da previdência e do Brasil como um todo é a corrupção.
    Com a arrecadação em impostos cobrados aqui poderíamos ter um país de primeiro mundo se não desviassem do propósito.

  2. Claudio Linhares disse:

    A necessidade de reforma é indiscutível, mas o nível de agressividade da proposta de Temer não é aceitável. O absurdo tempo de 49 anos exigido para a aposentadoria integral, junto com um cálculo que considera a média de todo o período de contribuição, vai gerar uma rejeição ao sistema, pois o retorno não compensará as contribuições. As pessoas vão fugir da previdência e o déficit vai aumentar.
    A reforma não é para sustentabilidade e sim para destruir a previdência pública.

    • Darth Peeka disse:

      Praticamente nenhum pais desenvolvido é possivel sequer se chegar no valor integral não importa quantos anos de contribuição.
      Nesse ponto, comparado com outros países, a reforma é até boazinha.
      E além do mais mesmo que assim não fosse, é uma simples questão atuarial. Não tem o que fazer. O que se poderia entretanto fazer é se permitir ao empregado escolher se quer fazer uma contribuição maior, para poder se aposentar com o valor integral mais cedo.

  3. julio disse:

    E é bom lembrar também, que na época, grande parte da mídia caiu de pau em cima da proposta, acusando o governo de ser contra os aposentados, contras os interesses do trabalhador, etc…etc… Agora, a proposta é muito mais dura que a anterior, no entanto, a mídia é a principal avalista da proposta do governo. Quem tem memória, se lembra.

    • Fernanda Souza disse:

      É verdade concordo com vc?????

      • Marcelo Soares de Souza disse:

        Concordo integralmente!! E acrescento que mesmo com a agenda negativa da Dilma para os mais pobres na área economia, os partidos de Esquerda não reconheceram o impeachment orquestrado pela direita para se safarem da lista da ODEBRECHT da operação Lava Jato!

    • Claudio Linhares disse:

      Bem lembrado. Até fez parte da pauta bomba de Eduardo Cunha o fim do fator previdenciário. Hoje se sabe que o objetivo era apenas criar mais instabilidade ao governo Dilma para, depois da derrubada, implementar um projeto de total desmonte de diretos sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via