Donald Trump é banido do Twitter

O Twitter suspendeu permanentemente a conta de Donald Trump nesta sexta-feira (8). "Após uma análise cuidadosa dos Tweets recentes do @realDonaldTrump e o contexto deles, suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitamento à violência", publicou a empresa.

"No contexto de eventos horríveis nesta semana, deixamos claro na quarta-feira que violações adicionais das Regras do Twitter potencialmente resultariam neste mesmo curso de ação", continuou a empresa.

Na noite de quarta-feira (6), o Twitter exigiu a remoção de três publicações da conta de Donald Trump, ou o presidente americano teria seu perfil bloqueado de forma permanente.

"Como resultado da situação violenta sem precedentes e contínua em Washington, D.C., exigimos a remoção de três Tweets @realDonaldTrump que foram postados hoje por violações repetidas e graves de nossa política de Integridade Cívica", disse a rede social.

Ontem Trump já havia sido banido das contas do Facebook e do Instagram até o fim de seu mandato, que encerra no dia 20 deste mês. O anúncio foi feito por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook.

O Congresso dos Estados Unidos foi invadido por manifestantes pró-Donald Trump na tarde de quarta-feira (6). Eles interromperam a contagem dos votos que oficializa a eleição de Joe Biden à presidência do país. O presidente eleito, Joe Biden, pediu que Trump fosse à televisão pedir que os manifestantes se retirassem do Capitólio.

> Congresso dos EUA é invadido por manifestantes pró-Trump

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!