Apresentador do SBT que criticou medidas restritivas em BH morre de covid-19

Stanley Gusman, apresentador de um programa policial na TV Alterosa de Minas Gerais, faleceu na noite deste domingo (11), em Nova Lima, cidade na grande Belo Horizonte. Internado desde o fim do ano passado por complicações da covid-19, Stanley sofreu uma infecção secundária enquanto recebia tratamento em um Centro de Terapia Intensiva (CTI).

O jornalista era também advogado e escritor, além de já ter tido passagem por outros canais de TV no estado. Poucos dias antes de receber o diagnóstico positivo para a doença, Stanley criticou as propostas feitas pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), para combater a pandemia.

Em um vídeo postado em seu Instagram com um trecho do seu programa, Stanley rebate uma fala do político mineiro, que havia advertido para que se tomassem os devidos cuidados e isolamentos. "Cuidado para você não matar seu pai, sua mãe", disse Kalil em entrevista coletiva. "Cuidado para você não passar o seu último natal em família."

 

No ar, Stanley respondeu. "Não concordo com o senhor", disse. "Vou visitar meu pai, vou visitar minha mãe, e não vou matá-los". As informações dão conta de que, quando deu entrada no hospital com sintomas de covid-19, Stanley foi encaminhado diretamente ao CTI.

Ainda não há informações sobre horário e velório do apresentador. O Brasil passou, na sexta-feira (8), da marca de 200 mil mortos pela doença.


> Anvisa aprova documentação da Fiocruz e pede mais informações ao Butantan
> Japão registra nova variante do coronavírus em pessoas que estiveram no Brasil

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!