Anitta diz que Salles é desserviço, e ministro chama cantora de Teletubbie

Na véspera da Cúpula do Clima e em meio a uma enxurrada de críticas à sua gestão, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, respondeu a cantora Anitta no Twitter e chamou a artista de "Teletubbie".

Nos últimos dias centenas de celebridades, políticos, e autoridades têm reforçado o coro pela demissão de Salles. Anitta foi uma delas e, nesta quarta-feira (21), afirmou na rede social que o ministro é um desserviço para o meio ambiente.

Então, o chefe da pasta respondeu citando o desenho infantil:

Salles e Anitta no Twitter
Reprodução/Twitter
Com o mesmo tom de deboche, o ministro também comentou outras postagens com ao seu trabalho:

Mais tarde, a troca de tuítes com Anitta subiu de tom e virou bate boca:

Bola da vez

Depois da demissão de Ernesto Araújo do Itamaraty, o ministro do Meio Ambiente é a bola da vez na Esplanada. Criticado desde o início de sua gestão pela política ambiental, que tem prejudicado a imagem do Brasil no exterior e despertado retaliações de outros países, Salles está na mira do Congresso, do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Acusado de tentar atrapalhar uma megaoperação da Polícia Federal no Amazonas contra o desmatamento, em dezembro, Salles é alvo de duas ações no Supremo que serão relatadas pela ministra Cármen Lúcia - uma apresentada pelo PDT e outra pelo próprio superintendente da corporação no estado, Alexandre Saraiva. O episódio resultou na queda de Saraiva esta semana e aumentou a contrariedade dos parlamentares com relação ao ministro.

Pelo mesmo motivo a oposição se articula para convocar o ministro e levá-lo ao plenário, em comissão geral, para explicar as acusações.

A pressão contra Salles também vem do exterior. Em carta a Joe Biden, 15 senadores democratas pediram ontem ao presidente dos Estados Unidos que condicione qualquer parceria com o Brasil na Amazônia a uma mudança real na política ambiental para a redução do desmatamento na região.

O presidente dos Estados Unidos é o anfitrião da Cúpula do Clima, que começa nesta quinta-feira (22). A participação o presidente Jair Bolsonaro está prevista já para a sessão inicial do encontro (aqui a programação oficial, em inglês).

> Acusado pela PF, Salles vê cerco se fechar e vira bola da vez na Esplanada

Continuar lendo