No Twitter, Flordelis comemora vitória de Arthur Lira: “Vencemos”

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) comemorou em suas redes sociais a vitória do deputado Arthur Lira (PP-AL) na eleição para presidente da Câmara dos deputados. Flordelis é acusada de ordenar a morte do próprio marido, Anderson do Carmo, em 2019, e votou com tornozeleira eletrônica.

Na publicação, a parlamentar disse que "chegou o momento de avançar', e que a eleição do alagoano representa um novo momento na política brasileira. A deputada também afirmou o que espera deste mandato. "A expectativa é de muita esperança e muito trabalho, temos grandes desafios na Câmara dos Deputados esse ano", escreveu. "Tais como: reforma administrativa e tributária, um dos temas sensíveis e que precisam de uma análise cuidadosa".

Defensora de projetos para a primeira infância e de temas sociais, a deputada também disse a seus 133 mil seguidores no Twitter que espera que tais questões sejam debatidas na casa durante o mandato de Lira.

Flordelis tem um processo aberto contra si no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por conta do seu envolvimento no assassinato do marido, que era pastor evangélico. assim como a deputada. O crime ocorreu na casa da família e teria o envolvimento de alguns dos 55 filhos biológicos e adotivos da parlamentar.

O pedido de investigação – que pode resultar na cassação do mandato da pastora por quebra de decoro parlamentar – foi enviado ao Conselho de Ética pela Mesa Diretora antiga, comandada por Maia. Ainda não está definido como a nova composição do comando da Câmara tratará o caso.


> Oposição vai à Justiça contra primeiro ato de Lira e o acusa de ser autoritário
> Réu, Lira está impedido de substituir Bolsonaro e Mourão na Presidência

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!