Senador acusa ministro da Defesa de espionagem, durante CPI da Covid

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) acusou o ministro da Defesa, general Braga Neto, de comandar uma ação de espionagem contra ele. De acordo com o petista, emissários da pasta foram enviados a Sergipe para "bisbilhotar" a vida do parlamentar. A acusação foi apresentada na abertura da reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid nesta terça-feira (3).

“Eu quero dizer ao senhor Braga Netto, que foi o emissário do oficial do Exército para fazer espionagem contra um parlamentar, um senador da República, que eu não tenho medo", disse.

O senador também informou que iria reforçar o requerimento para quebra de sigilos telefônico e telemáticos do ministro da Defesa.

Confira este momento:

Ao comentar a fala de Rogério Carvalho, o senador Omar Aziz (PSD-AM) disse que o fato não é isolado. Aziz também criticou a agenda do presidente da República, Jair Bolsonaro, que em julho recebeu a parlamentar alemã Beatrix von Storch, neta do ministro da Fazenda de Adolf Hitler e integrante de um partido de extrema-direita alemã q ue defende ideias neonazistas.

"O deputado recebe uma deputada nazista afrontando a constituição brasileira, afrontando a democracia, afrontando o exército brasileiro que lutou contra o nazismo O presidente do Congresso Nacional não pode se calar. Nazismo não".

O encontro de Bolsonaro com a parlamentar defensora de ideiais neonazistas foi postado nas redes sociais da alemã com a legenda: "um encontro impressionante no Brasil. Gostaria de agradecer ao presidente brasileiro à amistosa recepção e estou impressionada com sua clara compreensão dos problemas da Europa e dos desafios políticos do nosso tempo".

Ainda no post, Beatrix citou o Brasil como um parceiro internacional da defesa de valores conservadores.

> Moraes arquiva inquérito de atos antidemocráticos e abre investigação sobre fake news

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo