Relatora Magda Mofatto defende manutenção da prisão de Daniel Silveira

A deputada Magda Mofatto (PL-GO), relatora da medida cautelar que prendeu em flagrante o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), defendeu em seu parecer a manutenção da prisão.

“Meu voto é pela preservação da eficácia da prisão proferida pelo ministro Alexandre de Moraes”, disse.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Premium, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

O parlamentar foi preso em flagrante na última terça-feira (16) após publicar um vídeo atacando ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo o fechamento da corte e fazendo apologia ao AI-5, o ato mais repressivo da ditadura militar.  

Para a  relatora,  a prisão do deputado Daniel Silveira foi “correta e proporcional”. Magda Mofatto disse que a Câmara tem um deputado “que vive atacando as instituições democráticas e o direito das minorias”.

É preciso traçar uma linha e deixar clara a diferença entre a crítica contundente e um verdadeiro ataque às instituições democráticas”, disse.

Confira a íntegra do relatório da deputada :

> Deputado pede desculpas cinco vezes em sua defesa à Câmara

> Lira pede que STF não banalize prisão de deputado e cria comissão para definir imunidade

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!