Radar do Congresso: gasto com comida cai e despesa com publicidade sobe

Tanto na Câmara quanto no Senado houve redução da maioria das despesas com a cota parlamentar em 2020. Entre os deputados, das 19 rubricas, 15 registraram queda na comparação com 2019. Entre os senadores, dentre as cinco opções de uso dos recursos, apenas uma (a divulgação) registrou alta.

Em 2020 a Câmara desembolsou R$ 143,7 milhões com o cotão, contra R$ 199,5 milhões no ano anterior.

Em valores absolutos, as maiores reduções de gastos se concentraram em despesas que refletem as mudanças e restrições impostas pela pandemia de covid-19. Por exemplo: ao todo, em 2020 a Câmara gastou R$ 53,6 milhões a menos com passagens aéreas, aluguel de carros e combustível.

No Senado, no ano passado foram desembolsados R$ 4,7 milhões a menos com passagens aéreas na comparação com 2019.

>Gastos de parlamentares com divulgação do mandato aumenta na pandemia

>Radar do Congresso: quem são os parlamentares que mais gastaram em 2020

Veja abaixo a evolução dos gastos com o cotão entre os congressistas de 2019 para 2020: 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!