PSL negocia com Lira cargo na Mesa, mas aguarda definição de bloco

O candidato à presidência da Câmara Artur Lira (PP-AL) se reuniu na tarde desta quarta-feira (27) com  25 deputados do PSL, entre eles o terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Ao sair do encontro, realizado no apartamento funcional do deputado Celso Sabino (PSDB-PA), o deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO) disse que o PSL negocia espaço na Mesa Diretora com Lira, mas que ainda não há definição sobre qual cargo vai ocupar.

O partido faz parte do bloco de Lira, que é o maior grupo, e, por isso, a aliança do alagoano tem prioridade na ocupação dos espaços na Mesa. Na campanha do líder do PP, há expectativa da entrada de mais partidos. As apostas dele estão no DEM e no PSB.

“Isso está sendo discutido ainda entre os partidos. Não vai ser antecipado agora. O bloco ainda está em expansão, a gente tem a perspectiva que ele vai crescer e como se leva em consideração a proporcionalidade do tamanho dos partidos, ele pode mudar. Mas há perspectiva que seja respeitada a proporcionalidade e com isso a definição das posições da mesa”, declarou Vitor Hugo.

O deputado Vitor Hugo é apontado como um possível nome do PSL a ser indicado para a mesa. Em entrevista coletiva nesta tarde, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que, por estar suspenso das atividades partidárias, o ex-líder do governo de Jair Bolsonaro não poderia assumir posto na mesa diretora.

"Somos 36 que assinamos aquela lista que levamos o PSL para o bloco do Arthur, mas temos a expectativa que vamos crescer muito mais. Inclusive o bloco vai crescer em número de partidos até a chegada da eleição e esse número de apoio dentro do PSL temos certeza que vai crescer também", disse Vitor Hugo, que acredita que os votos a Lira no PSL podem chegar a 50.

Os deputados do PSL que apoiam Lira tentam fazer crescer o apoio ao líder do PP na legenda. Há uma tentativa de acordo com o presidente do PSL, Luciano Bivar, e com o líder na Câmara, Felipe Francischini, para que eles também embarquem no bloco de Lira. A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) disse ao sair da reunião com Lira que isso seria “bom para eles”.

>Lira negocia cargo na Mesa Diretora para atrair DEM para o seu bloco

Continuar lendo