PL é o sétimo partido a apoiar Rodrigo Pacheco no Senado

A bancada do PL no Senado, com três representantes, decidiu nesta terça-feira (12) apoiar a candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) à presidência do Senado.

O líder do DEM já tinha o apoio do PSD, PT, Republicanos, Pros e PSC. Com a decisão do PL, sem considerar traições, o bloco de sustentação da candidatura do senador tem 31 votos. A expectativa é que amanhã (13) o mineiro consiga o apoio do PP, o que levaria o grupo a ter 38 votos, distante apenas de três para conseguir o número necessário para se eleger.

Pacheco é o candidato do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e endossado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O MDB deve definir Simone Tebet como candidata nesta terça. A expectativa é de conseguir o apoio do PSDB e Podemos, o que formaria um bloco de 31 senadores em torno da emedebista.

>MDB deve definir candidatura no Senado nesta terça; Tebet é a favorita

>PT decide apoiar Rodrigo Pacheco, do DEM, para presidência do Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!