Oposição aciona Conselho de Ética e pede cassação do mandato de Daniel Silveira

Os partidos oposição na Câmara dos Deputados protocolaram na noite desta quarta-feira (17) representação contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) no Conselho de Ética da Casa. O grupo pede a cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro.

Silveira foi  preso em flagrante nesta terça-feira (16) por publicar vídeo atacando ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e fazendo apologia ao AI-5, instrumento de repressão durante a ditadura militar.

"O Representado extrapola de sua imunidade, rompe criminosamente os deveres de que seu mandato impõe e ofende, também de maneira criminosa, o Supremo Tribunal Federal, os Ministros do Supremo Tribunal Federal e a própria democracia brasileira, estimulando a violência e fazendo apologia ao golpe militar", cita o documento.

Leia a íntegra:

A prisão do deputado foi em flagrante e foi mantida pelos 11 ministros do Supremo nesta quarta. A Câmara pode votar nesta quinta-feira (18) se mantém ou não a prisão do parlamentar, porém, há uma articulação pela soltura dele.

A representação da oposição foi a segunda apresentada contra o deputado no Conselho de Ética nesta quarta. Mais cedo, a própria Mesa Diretora representou contra Daniel.

> “Folgada do caralho”: deputado preso ataca funcionária do IML e se nega a usar máscara

> PGR defende que Daniel Silveira use tornozeleira eletrônica

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!