Morre o ex-deputado federal Alencar Furtado

O ex-deputado federal José Alencar Furtado morreu nesta segunda-feira (11), aos 95 anos, em Brasília. De acordo com informações prestadas por familiares à Agência Câmara, a morte foi por insuficiência renal.

Alencar nasceu em Araripe, no Ceará, e alavancou a carreira política ao mudar para o Paraná e se filiar ao MDB. Foi suplente de deputado estadual, e depois foi eleito deputado federal, em 1970 e em 1974.

O parlamentar foi o último a ter o mandato cassado pela ditadura militar, em 1977, durante o governo de Ernesto Geisel. Com os direitos políticos suspensos, fez campanha em 1978 para o filho Heitor Alencar Furtado, eleito deputado estadual e assassinado quatro anos depois, quando tentava a reeleição.

Alencar Furtado recebeu a anistia política e chegou a ser reeleito deputado federal em 1982. Em nota, o MDB lamentou a morte do ex-deputado, considerado pela sigla "um grande militante em defesa da democracia".

Ainda de acordo com a Agência Câmara, o deputado federal Uldurico Júnior (Pros-BA), neto de Furtado, disse que o avô deixou um grande legado. "Foi um deputado muito atuante e representou muito bem o seu estado e o nosso País", afirmou.

Ataques virtuais a veículos e jornalistas aumentaram 140% em 2020

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!