Molon e Freixo são os novos líderes da oposição e minoria na Câmara

Os deputados Alessandro Molon (PSB-RJ) e Marcelo Freixo (PSOL-RJ) foram escolhidos, respectivamente, para exercerem os cargos de líder da Oposição, e líder da minoria na Câmara. A decisão partiu de todos partidos dos blocos, que se reuniram nesta quarta-feira (24).

"É uma honra receber a missão de articular a resistência dos partidos de oposição aos retrocessos promovidos pelo governo Bolsonaro. Proteger a vida, a saúde e os direitos dos brasileiros, defender a democracia e apontar saídas para a geração de empregos e renda no país, esses são os nossos principais desafios, que venceremos juntos”, afirmou Molon.

Interlocutores do parlamentar dizem que ele assume o posto com a missão de "acompanhar o enfrentamento à pandemia" e vai "insistir na disponibilidade de vacinas o mais rápido possível para toda a população".

Já Marcelo Freixo, novo líder da minoria na Câmara, defende a urgência de uma frente de ação que articule Congresso, Judiciário, governadores, prefeitos e comunidade científica, para que sejam adotadas "imediatamente medidas concretas para combatermos a pandemia e determos o boicote de Bolsonaro". "Precisamos agir agora, juntos".

O ofício com a indicação dos parlamentares já foi entregue ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

> Oposição trava reforma administrativa na CCJ da Câmara

> Arthur Lira diz que Câmara "acende sinal amarelo" com erros do governo

Continuar lendo