“Menos eu e mais nós”, diz Arthur Lira em discurso pré-eleição

O deputado alagoano Arthur Lira (PP) discursou em Plenário há pouco e prometeu que caso ganhe a eleição para a presidência da Câmara, exercerá um mandato voltado ao coletivo.

"A Câmara tem que ser de todos e não pode continuar sendo a Câmara do eu. A Câmara é do nós e isso não é slogan de campanha ou frase de efeito. Isto é a alma desta Casa, o espírito do nosso regimento, algo que está impregnado em todos os lugares. Por favor olhem para a cadeira da presidência, por acaso ali há um trono? Não. Tudo nesta Casa tem a marca do coletivo", disse.

O pepista recebe apoio do presidente Jair Bolsonaro e de 11 partidos, mas não comentou a aproximação com o Planalto. Ao invés disse, o deputado optou por afirmar que é preciso "dar voz a todos e retirar o super poder da presidência, como foi nos últimos anos e devolver para seu legítimo dono, o plenário".

Uma das promessas de campanha de Lira é retomar as reuniões do colégio de líderes às quintas-feiras à tarde. "Nós teremos reunião dos partidos com seus líderes e reunião dos líderes com seu presidente para termos uma pauta publicada, com relatório definido para que a gente saiba na próxima semana o que nós vamos votar e sabendo quem é o relator", defendeu.

Arthur Lira prometeu democratizar e descentralizar o poder da presidência, fortalecer instâncias dos colégios e das comissões. "Ao presidente não cabe falar, cabe ouvir. Menos eu e mais nós (...) Quanto mais influente a voz de cada deputado, mais poderosa se torna a voz da Câmara", disse o deputado aplaudido pelos colegas.

> Com apoio de PT a Bolsonaro, Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!