Deputados do PSL abandonam Baleia e embarcam em bloco de Lira

Trinta e dois deputados do PSL abandonaram o apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (7). A maioria dos parlamentares da legenda optou por apoiar Arthur Lira (PP-AL).

O acordo com a bancada foi costurado pelo Major Vitor Hugo (GO), ex-líder do governo, que também comemorou pelas redes sociais:

 

O deputado Marcelo Ramos (PL-AM) disse pelas redes sociais que na próxima semana o bloco de Lira espera mais adesões.

Ontem (6) Baleia Rossi (MDB-SP) disse que não se preocupa com as possíveis traições de deputados que compõem seu bloco. Parte das siglas que apoiam Baleia, como PSDB, DEM, PSB e o próprio PSL, tem deputados que apoiam Arthur Lira (PP-AL).

"Confio na palavra dos deputados, sempre fui uma pessoa que tive palavra, honrei meus compromissos. Vou com humildade com cada um dos parlamentares para falar das nossas propostas, nossa visão de Câmara Federal independente. Tenho certeza que os parlamentares saberão fazer a melhor escolha", disse após lançar oficialmente sua candidatura no Salão Negro da Câmara.

Nomes como o de Joice Hasselmann não constam na lista divulgada pelos membros do PSL. O Congresso em Foco não conseguiu contato com Luciano Bivar, presidente do partido. À CNN, no entanto, o deputado disse que o PSL "segue como antes, com Maia. Não tem caminho de volta".

Arthur Lira, candidato de Jair Bolsonaro, está visitando os estados do Norte. Mais cedo, Lira chegou a dizer que se for eleito, vai negociar com o governo federal para que a vacinação contra a covid-19 comece no estado do Amazonas, que se encontra na fase roxa.

Baleia começa nesta sexta-feira (8) a viajar pelo país para tentar conseguir votos para sua eleição. O primeiro destino é o Piauí, onde está prevista uma reunião com o governador Wellington Dias (PT-PI).

> Baleia nega receio com traições e prega confiança em partidos aliados

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!