Davi Alcolumbre deve presidir a Comissão de Constituição e Justiça

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) deverá assumir o comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em meio às negociações dos partidos por cargos na Mesa Diretora e colegiados. A CCJ é conduzida hoje por Simone Tebet (MDB-MS), principal adversária de Rodrigo Pacheco (DEM-MG), candidato de Davi Alcolumbre.

A CCJ é, ao lado da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), a mais poderosa do Senado. Por ela, passam indicações de ministros de tribunais superiores, por exemplo, e a análise de propostas de emenda à Constituição. É nela que está parada a PEC da Emergência Fiscal, que aguarda novo parecer do senador Márcio Bittar (MDB-AC).

Na Câmara, o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) já confirmou que não pretende assumir qualquer cargo, seja da estrutura da Casa, seja do partido. Maia disse a interlocutores que pretende deixar o DEM, após o partido desistir de apoiar o seu candidato, Baleia Rossi (MDB-SP).

> Otto Alencar presidirá a Comissão de Assuntos Econômicos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!