Pacheco diz que falou com Braga Netto sobre Omar: “Assunto encerrado”

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), usou as redes sociais nesta quinta-feira (8) para amenizar a crise entre o Congresso e as Forças Armadas após a prisão de Roberto Dias durante a CPI da Covid na tarde de quarta-feira (7).

Pacheco diz que conversou com o ministro da Defesa, general Braga Netto, e que "o episódio de ontem, fruto de um mal-entendido sobre a fala do colega senador Omar Aziz, presidente da CPI, já foi suficientemente esclarecido e o assunto está encerrado."

Ao dar voz de prisão a Roberto Dias, que foi sargento da Aeronáutica, o presidente do colegiado afirmou que as Forças Armadas deviam estar "muito envergonhadas" de ter seus membros envolvidos em esquemas de corrupção.

Omar Aziz (PSD-AM), foi alvo de uma nota dos militares. "A Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira são instituições pertencentes ao povo brasileiro e que gozam de elevada credibilidade junto à nossa sociedade conquistada ao longo dos séculos", escreveram no comunicado o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e os chefes do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, da Marinha, Almir Garnier Santos, e da Aeronáutica, Carlos de Almeida Baptista Junior.

Ao final, a nota insinua que "as Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano às Instituições que defendem a democracia e a liberdade do povo brasileiro".

O senador usou seu tempo em plenário para dizer que a nota foi "desproporcional" e dizer que Rodrigo Pacheco deveria defendê-lo por ser um membro da Casa.

> Forças Armadas acusam Aziz de agir de forma leviana e senador reage

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo