Justiça do Rio quebra o sigilo bancário e fiscal de Carlos Bolsonaro

Por determinação da  Justiça do Rio de Janeiro, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) tem os sigilos bancário e fiscal quebrados no âmbito da investigação que apura a contratação de funcionários "fantasmas" no gabinete do parlamentar.

De acordo com informações do portal G1, pela primeira vez em dois anos o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) investiga a possibilidade de um esquema de "rachadinha" no gabinete de Carlos na Câmara de Vereadores.

Carlos Bolsonaro foi eleito vereador do Rio pela primeira vez em 2001 e está no sexto mandato consecutivo. Nesses 20 anos, dezenas de pessoas já foram nomeadas em seu gabinete.

Mas o MP afirma ter indícios de que vários desses assessores não cumpriam o expediente na casa e podem ser considerados funcionários "fantasmas". O regulamento da Câmara do Rio diz que esses assessores têm que cumprir uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A investigação foi aberta em julho de 2019. E agora, pela primeira vez, os promotores falam na possibilidade da prática de "rachadinha" no gabinete de Carlos Bolsonaro.

O MP pediu a quebra dos sigilos para saber se a contratação desses funcionários fantasmas foi ou não um instrumento utilizado pelo vereador para desviar salários. Outras 26 pessoas e sete empresas também tiveram os sigilos quebrados.

CPI aprova convocação de Karina Kufa, advogada da família Bolsonaro

MPF em Mossoró processa União por danos causados pela Operação Lava Jato

 

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo