Frota terá que indenizar deputado bolsonarista por post no Twitter

O deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) terá que indenizar em R$ 15 mil o parlamentar paulista Douglas Garcia (PTB) por comentários feitos pelo Twitter.

Em maio de 2020, Douglas Garcia disse que representaria contra a deputada Sâmia Bomfim (Psol-SP) e Alexandre Frota na Procuradoria-Geral da República para que fossem investigados "por envolvimento com grupos radicais e violentos que pregam o extermínio de opositores políticos, autodenominados Antifas".

Frota respondeu ao parlamentar bolsonarista com o seguinte tuíte:

Na decisão proferida nesta sexta-feira (5), a juíza Ligia Bueno, do TJ-SP, afirma que "ao disponibilizar informação, opinião e comentários nas redes sociais, os usuários se tornam responsáveis principais e imediatos pelas consequências da livre manifestação de seu pensamento que, por não ser ilimitada, sujeita o responsável à possibilidade de ser condenado pelos abusos que venha a praticar em relação ao direito de terceiros".

A assessoria de Alexandre Frota disse que o deputado "não retira nada do que falou" e que vai recorrer da decisão.

> Centrão age como traficante e agiota e pode derrubar Bolsonaro, diz Frota

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!