Anafe cobra atenção com a democracia: “Ainda é um regime frágil”

Procuradores que participaram do 1°seminário “As instituições jurídicas e a defesa da democracia” compartilharam ao Congresso em Foco suas impressões do evento, que aconteceu durante a última semana, apresentando mais de 20 mesas sobre aspectos variados que compõem a advocacia pública.

O atual contexto político, de crise institucional entre os poderes, permeou a fala de muitas das mesas, especialmente a de Lademir Rocha, presidente da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe).

"Quando idealizamos o evento nós tínhamos uma certa sinalização de que, mais que uma simples crise política, econômica, estávamos sofrendo no Brasil daquilo que chamamos de investida por uma democracia iliberal", avaliou o advogado público, apontando que esse sistema tem seu conceito de democracia baseado na maioria, no voto.

"Mas o que acontece mundo afora em situações semelhantes, como na Venezuela, Hungria, Polônia, é que existem regimes que, embora aparados no pleito, ignoram que os mandatários têm que atuar nos limites constitucionais", afirma Lademir.

Para o presidente da Anafe, essa tensão mostrou a necessidade de o evento trazer esses atores para mesa de debate. "A democracia ainda é um regime frágil e necessita de atenção, tendo algumas contradições como abrir espaço para avanços não democráticos".

O evento foi organizado pela Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe) em parceria com a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe); a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR); a Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do DF (Anape); a Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM); a Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep) e a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), além da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O Congresso em Foco cobriu todos os dias do seminário. Veja o que aconteceu de mais importante nos debates:

1° dia - Seminário da Anafe reafirma compromisso democrático da advocacia pública

2° dia - Bolsonaro se ausentou da gestão da pandemia, diz Gilmar Mendes

3° dia - Fraude eleitoral é “bobagem” e discurso de derrotado, diz Nelson Jobim

4° dia -Quarto dia de seminário da Anafe discute de liberdade de expressão a leis antiterrorismo

5° dia - Cármen Lúcia defende combate às fake news pela Justiça eleitoral

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo