Maioria do STF arquiva pedido de investigação de cheques para Michelle Bolsonaro

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria para arquivar o pedido de investigação sobre o caso dos cheques depositados por Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.  O relator, ministro Marco Aurélio Mello, se manifestou a favor do arquivamento e até o início da tarde desta segunda (5) os ministros Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber haviam acompanhado o voto dele.

O julgamento do pedido ocorre de forma virtual e começou em 25 de junho, com previsão de se estender até 2 de agosto.

Ao todo, ao menos 21 cheques totalizando R$ 89 mil foram depositados na conta de Michelle, de 2011 a 2016. Entre os autores dos depósitos está o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ),  Fabrício Queiroz. Ele é apontado pelo Ministério Público como operador do esquema de rachadinha no gabinete de Flávio à época em que ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

O pedido de investigação foi apresentado em 2020 pelo advogado Ricardo Bretanha Schmidt, após publicação de reportagens na Revista Crusoé indicando os depósitos.

De acordo com a revista, somente em 2016, foram nove depósitos, totalizando R$ 36 mil.  Os cheques foram compensados em 25 de abril, 19 e 23 de maio, 20 de junho, 13 de julho, dois em 22 de setembro, 14 de novembro e 22 de dezembro.

Em maio, o procurador-geral da República Augusto Aras afirmou não ter enxergado “indícios do cometimento de infrações penais pelo presidente”. Ele disse, também, não ver indícios “mínimos” de infração penal no caso.

> Deputados pedem investigação sobre repasse de R$ 7,5 mi a programa de Michelle

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

 

JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo