MPF apresenta notícia-crime por racismo contra assessor de Bolsonaro

O Ministério Público Federal em Recife (PE), encaminhou à Procuradoria da República no Distrito Federal uma notícia -crime contra Filipe Martins, assessor para Assuntos Internacionais da Presidência da República. No documento, o procurador Wellington Cabral Saraiva relata o momento em que Filipe reproduziu um gesto simbolizando as letras “W” e “P”, das palavras “White Power”, que significam “Poder Branco”, em inglês.

O gesto foi feito durante reunião para discutir a pandemia de covid-19, no último dia 24, no Senado Federal, quando ele acompanhava o Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Ainda durante a sessão, diversos senadores cobraram providências e uma investigação sobre o caso foi determinada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Continuar lendo