“Ciro me disse que era o sonho da vida dele”, diz Bolsonaro sobre Casa Civil

O presidente Jair Bolsonaro falou pela primeira vez em público sobre o novo ministro da Casa Civil, o senador Ciro Nogueira (PP-PI). Em entrevista à Rede Nordeste de Rádios, Bolsonaro comentou que esta era a vontade do senador, considerado um dos líderes do Centrão.

"Ele falou para mim que o sonho da vida dele era ocupar um ministério desse", disse Bolsonaro. "Não é o Ministério das Minas e Energia, que tem um orçamento bilionário; não é transporte ou desenvolvimento regional. É a chefia da Casa Civil, é a alma de um governo".

Bolsonaro também afirmou esperar que a posse de Ciro na pasta, considerada o braço direito da Presidência da República, represente o aumento da interlocução com o parlamento de maneira salutar, "e não de forma comprada como acontecia no passado".

O presidente ainda disse que a aliança entre Ciro e o PT é coisa do passado e que o futuro ministro da Casa Civil está “feliz” em assumir a pasta. “As pessoas mudam e o Ciro está feliz”, disse, reforçando o peso da pasta.

Ainda durante a entrevista, o presidente argumentou, para justificar a escolha, que quanto Ciro quanto ele acreditavam em Deus e comparou o episódio da facada que sofreu nas eleições de 2018 ao incidente vivenciado por Ciro Nogueira no voo em que retornava de férias no México. “É o momento em que você procura se encontrar, de onde vim e para onde vou. então foi um sinal de Deus, no dia seguinte ao convite que eu fiz a ele, esse episódio”.

Candidatos em 2022
De acordo com o presidente Bolsonaro é esperado que "um terço dos meus ministros se lancem candidatos ano que vem" a cargos estaduais e federais.

O presidente, no entanto, apontou condicionantes: "Eu já falei com eles que estão abertos - quem quiser ser candidato, boa sorte. E eles sabem muito bem que têm chances de vitórias se eu estiver bem", comentou.

Questionado especificamente sobre o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, Bolsonaro falou que "depende dele" e que "irá dar um show" em seu respectivo estado. O nome do ministro é ventilado como o candidato bolsonarista ao governo de São Paulo.

Já sobre o nome específico do ministro do Turismo, Gilson Machado, Bolsonaro negou crer na possibilidade do pernambucano se lançar candidato a governo por falta de apoios em estaduais. O presidente, no entanto, aposta na candidatura de Machado ao Senado.


> “Não terei o mesmo destino de PC Farias”, diz Joice Hasselmann
> Bolsonaro: Mourão é como o cunhado que você tem de aturar

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo