Bolsonaro nomeia Ciro para Casa Civil e dá Ministério do Trabalho para Onyx

Jair Bolsonaro nomeou Ciro Nogueira (PP-PI) como novo ministro-chefe da Casa Civil. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (28).

O senador passa a ocupar a cadeira que era do general Luiz Eduardo Ramos, que passa a comandar a Secretaria-Geral da Presidência da República, vaga deixada por Onyx Lorenzoni.

Para acomodar Onyx, Bolsonaro recriou o Ministério do Trabalho e Previdência. Publicado no Diário Oficial desta quarta, o órgão reduz poderes de Paulo Guedes, já que a nova pasta acumula as áreas de previdência, política e diretrizes para a geração de emprego e renda e de apoio ao trabalhador, política e diretrizes para a modernização das relações de trabalho e fiscalização do trabalho.

A MP 1058/2021, que prevê as regras de transição - assim como a medida que criou o Ministério das Comunicações - determina que a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional seguirá prestando apoio jurídico à secretaria especial do Ministério da Economia e ao novo ministério, enquanto se atualizam as estruturas por decreto. Há ainda regras de transição para servidores desses órgãos e previsão de possibilidade de transformação de cargos em comissão e funções de confiança para se conseguir formar a estrutura de cargos do novo ministério.

> “Ciro me disse que era o sonho da vida dele”, diz Bolsonaro sobre Casa Civil

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo