Estátua que homenageia o bandeirante Borba Gato é incendiada em São Paulo

Um grupo de manifestantes ateou fogo na estátua do bandeirante Borba Gato (1649-1718), situada no bairro de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. O ato ocorreu durante os protestos contra o presidente Jair Bolsonaro, promovidos em todo país neste sábado (24). A autoria do incêndio foi assumida pelo grupo autointitulado Revolução Periférica.

A obra, que foi inaugurada em 1963, homenageia o bandeirante paulista que tem sua história ligada à violência, perseguição e escravização de povos indígenas, africanos e seus descendentes. O monumento também é constantemente alvo de grupos que defendem a retirada de homenagens que exaltam personagens históricos controversos.

O ato repercute nas redes. Defensores do presidente Jair Bolsonaro levantaram a hashtag Vandalismo, por meio da qual criticam o ataque à estátua.

Veja o incêndio pelo vídeo:

 

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo