Agência do governo omite que manifestações são contra Bolsonaro

A Agência Brasil, serviço público de notícias do governo federal, omitiu que os protestos que ocorrem neste sábado (3) em mais de 300 cidades e em sete países são majoritariamente contra o presidente Jair Bolsonaro e a favor do impeachment.

A matéria publicada no site cita apenas que os manifestantes são "contra a corrupção e em defesa de uma educação de qualidade e contra os cortes no orçamento federal para o setor em 2021. Os manifestantes também reivindicam auxílio emergencial de R$ 600, mais vacinas e criticam a atuação do governo federal na pandemia de covid-19".

O texto cita os protestos no Rio de Janeiro, Recife, São Paulo e Brasília de forma genérica e sem mencionar em nenhum momento o nome de Bolsonaro.

Pela primeira vez, movimentos e partidos ligados à direita participam dos atos. O Movimento Brasil Livre (MBL) e o PSDB, por exemplo, convocaram seus apoiadores a irem para as ruas.

Originalmente previsto para 24 de julho, os protestos foram antecipados para este sábado após a denúncia de que o governo teria pedido propina na compra de vacinas e a apresentação de um "superpedido" de impechment, que foi protocolado na Câmara na quarta-feira (30).

O ato anterior ocorreu no dia 19 de junho, quando o Brasil registrou 500 mil mortes pela covid-19. As ruas dos 26 Estados e Distrito Federal foram tomadas por milhares de pessoas contra o governo, que cobravam o retorno do auxílio emergencial ao valor de R$ 600, aceleração no calendário de vacinas e valorização da saúde.

>> Rosa Weber autoriza inquérito contra Bolsonaro

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo