Presidente da OAB deve disputar o governo do Rio com apoio de Paes

Adversário declarado de Jair Bolsonaro, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, é o nome do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para o governo do estado em 2022. Paes se filiou na quarta-feira (26) ao PSD. Santa Cruz espera a conclusão de seu mandato, no início de 2022, para assinar a ficha de filiação ao partido criado e comandado por Gilberto Kassab.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Premium, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com [email protected].

O PSD também deve abrigar o grupo político do ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, em guerra com a cúpula do DEM. Paes e Santa Cruz têm relação estreita. "Vocês ainda têm dúvida de que ele é candidato? Por mim ele renuncia agora e começava a campanha", disse o prefeito no ato de filiação, em cerimônia reservada da qual o presidente da OAB também participou, ao lado de outras lideranças do partido.

A legenda, que abriga o ministro das Comunicações, Fábio Faria, está se descolando do presidente Jair Bolsonaro. Kassab e o ex-presidente Lula discutem uma aproximação, que pode resultar em apoio do partido à candidatura presidencial do petista em 2022.

Santa Cruz não confirma sua candidatura, que é dada como certa por pessoas próximas. "O Rio precisa de um amplo movimento em que pessoas que já venceram na vida profissional terão que se doar para a coletividade. O apoio do prefeito tem grande peso. Mas até o último dia de OAB não me filiarei a nenhum partido, apesar de não ser proibido", disse o presidente da OAB ao *Congresso em Foco Insider".

Questionado se vai se lançar candidato, Santa Cruz preferiu não comentar. Filho de um desaparecido político, ele foi à Justiça para que Bolsonaro declarasse o paradeiro do pai, depois que o presidente dizer que sabia o que havia acontecido com ele.

> De mala pronta para o PSD, Maia faz caminho inverso e se aproxima de Lula

> Tucano aliado de Lira pede para sair do PSDB

Continuar lendo