Mercado volta a reduzir previsão de crescimento do PIB em 2021

O mercado financeiro reduziu, mais uma vez, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 2021. De acordo com o Relatório Focus, divulgado nesta segunda-feira (12) pelo Banco Central, as instituições financeiras consultadas estimam crescimento de 3,08% da economia neste ano, contra 3,17% na semana anterior.

O relatório indica que o mercado prevê novas altas da taxa básica de juros e estima que a Selic encerre o ano em 5,25%. Há duas semanas, a projeção do mercado era de 4,50%. De acordo com o levantamento, as instituições projetam que o dólar e feche o ano cotado a R$ 5,37.

Também há previsão de alta da inflação oficial do país, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A projeção do mercado para o índice voltou a subir, de 4,81% para 4,85%.

Veja o relatório completo:

Continuar lendo